18 setembro, 2006

Super-homem, a postagem

Vanderlei Martinelli

"Mulher é bicho esquisito: todo mês sangra!" Frase machista, não é? Seria, se tivesse partido de um homem, mas quem disse foi Rita Lee.
Menstruação para mim é uma bênção. Uma coisa sagrada mesmo. Se a mulher quisesse ter um filho, poderia tê-lo. Se não tem é por opção. E a menstruação é a prova disto. Mas é mais. É renovação. Não apenas física, mas emocional.

Às vezes me decepciono ao pensar como é que, com tantos anos de evolução, nós ainda não menstruamos. Bem... Eu sempre digo que a mulher está num estágio evolutivo maior que o nosso.

(Sim, teríamos de aprender a lidar com cólicas terríveis, absorventes marcando ou não e tudo o mais também...)

Antes da menstruação, porém, e em boa parte dos casos, há a tensão pré-menstrual. Que é uma fase delicadíssima. Também para o homem, pois a mulher fica mais sensível, mais irascível, mais...
Se você sabe que ela está prestes a menstruar, as coisas ficam um pouco menos complicadas. Você pega leve, releva... É mais cuidadoso, mais atencioso, mais... Mas se não sabe, pode ser o caos. Quantas discussões feias já aconteceram durante esta fase? Quantos relacionamentos acabaram até se rompendo nesses dias?

Depois ela vem e diz com a maior simplicidade e inocência do mundo: "menstruei!" Está bem... Mas e os cacos de vidro que ficaram no chão desde ontem? Ela é perdoada, pois toda tensão pré-menstrual será perdoada. Mas você, que não menstrua, e foi aos mesmos níveis de descontrole que ela? (Ou pior, foi além...) Não conte com o perdão. Nesta hora sinto-me com orelhas de burro e nariz de palhaço (no mau sentido do nariz de palhaço).

"Ah, mas você deveria saber quando sua mulher está para menstruar...", diria você. Se você mora junto ou, pelo menos, pode vê-la pessoalmente o tempo todo, é mais fácil. É só contar com um calendário e boa vontade. Mas, se mora longe e nem sempre está perto fisicamente, a coisa complica.

De qualquer forma, as mulheres deveriam nos informar quando estão para menstruar. Assim não agiríamos como idiotas tão freqüentemente. O problema é que às vezes nem elas se lembram disso.

Mas, quer saber? Eu também quero o direito à tensão pré-menstrual. É injusto não poder, em alguns dias no mês, contar com essa "imunidade" emocional. Não poder se isolar sem explicação, xingar ou implicar à vontade. Com a certeza absoluta da anistia póstuma.

E quero mais. Quero também o direito de, em alguns dias no mês, ter meus "dias férteis". Ser, nesses dias, mais tarado do que "normalmente" sou. E querer que ela dê conta, cansada ou não.
Uma das coisas que mais gosto em ser homem é poder me perder e me achar, me deliciar e me lambuzar nesse imenso, fascinante e vasto universo feminino. Não conseguiria nem me contentaria em ser gay (nada contra quem é). Mas homem é chato. Além de não ter atração nenhuma pelo físico ou universo masculino (eu já me basto, ou melhor, me transbordo), homem tem esses hormônios estáveis... Arghhh... Que tédio. É sempre a mesma coisa.

A mulher não. A mulher é bela, pelo simples fato de ser mulher. Com seus gostos, vontades, surpresas, curvas, mistérios, intuições, charme, beleza e... Bem, poderia escrever quilômetros sobre as mulheres sem conseguir descrevê-las a contento. A mulher tem um quê de esoterismo, uma metafísica e transcendência que não compreendemos. Nos limitamos a admirar.

Mas não se iluda. Nem tudo são flores. E nem tudo pode ser atribuído aos hormônios e ao que é feminino ou masculino. Se vocês brigam sempre e sem razão decente é melhor não culpar os pobres hormônios e se entenderem mesmo. O problema é outro. Se as razões forem decentes, o problema é ainda mais complexo.

Caso contrário, relaxe... Aprenda com sua mulher a ser mais sensível, a ser mais humano, a ser mais criativo, a ser mais interessante, a ser mais belo. Isto não o fará menos homem, na verdade o tornará homem de verdade. E, se tiver tato, talvez a faça compreender que também terá muito a aprender com você.

Aprenda que viver com uma mulher é sair da monotonia, da rotina e da mesmisse. O que, ao final, fará você viver mesmo e não apenas existir. Além do mais, eu sempre adorei montanha russa...



Achei esse texto no Alecrim, de autoria do Van (Vanderlei Martinelli - "Poeta, escritor, analista de sistemas... Provocador, aprendiz de feiticeiro e metido à besta" e O Amor de uma grande amiga minha, a Erika, minha fiel escudeira e quase única leitora assídua do M@r).

Li, gostei... achei de uma grande sensibilidade e verdade, partindo da alma masculina. Com autorização trouxe-o para cá. E ei-lo!

Agradecimentos aos dois... principalmente por existirem!

€auzzinh@...

2 comentários:

  1. Meu nome é com K e não tem acento.. rsrs

    Beijos choquis...obrigada a vc por existir...amocê cum força... c sabe.

    ResponderExcluir
  2. Correção efetuada. rsssss
    Amo ocê tumémmmmmm

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...