25 fevereiro, 2005

As Cores do Amor...

Fernanda Brum


Se eu pudesse descobrir todas as cores do amor
Saber se é branco como a paz ou azul da cor do mar.

Se eu pudesse descobrir os segredos do amor
Seria como desvendar mistérios deste teu olhar.

O amor não é cor ele é simples demais
Como a brisa ele vem no frescor da manhã

Mas foi no teu olhar então que eu pude perceber
Que as cores do amor vejo em você.

Não há mistérios no amor que há em você
Porque as cores do amor vejo em você

Não há mistérios nem segredos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...