01 março, 2007

Acredita?




Acreditar...
Você ainda acredita na mágica?
Em seres alados e maravilhosos. Contos de fadas?
Em príncipes e princesas, sereias e elfos?
Países encantados, paraísos, xangrilá?
Mas isso é mágica? De verdade? E a verdade ainda existe?
Ainda há lugar pra crer na Esperança?
Será que o amor virou uma história de ninar?
E nas pessoas, será que ainda há a crença que somos bons?
Por que as divagações?
Estava vendo um filme chamado "A Dama na água", baseado em uma história de ninar escrita por M. Night Shyamalan, que também escreveu o roteiro do filme e o dirigiu. Não conhece? A vila, Sinais, Sexto sentido, corpo fechado... lembrou? Ele tem o poder de discutir temas importantes em forma de poesia visual. Ele ataca você com seus medos sociais, pessoais. íntimos e lhe põe no colo através de um enredo que mais parece o embalar dos braços enquanto te cantam uma canção. Gosto do ritmo dele. Lembra meu ritmo lógico. Juntando peças, como em um quebra-cabeça, que termina com uma lição quase subliminar, que se diria quase de ‘moral’ de histórias infantis. Mas está ali, escancaradamente à sua frente, nos seus olhos, na sua mente e você não pode negar. E mesmo assim isso lhe faz pensar e lhe sentir novamente ‘crente’ no que há de verdadeiro.
E assim é 'A Dama na água’. Um ninfa capaz de despertar nas pessoas a crença naquilo que elas já não criam mais. No mágico, nas possibilidades de mudança e em si mesmas, como acontece no núcleo principal. Quando a crença em si mesmo, nos próprios objetivos é restaurada na vida um homem que já não via alvo para sim. Assim são restaurados o amor-próprio, o sentimento de um grupo unido mesmo na diversidade, o senso que não se sabe tudo, mas tudo está interligado.
E esta ‘ditosa dama’ acertou em cheio esta navegante sempre crédula, de um ingenuidade irritante, mas que resolveu por um tempo descrer. Ela atingiu-me... e eu passo a acreditar novamente que as coisas um dia mostram seu porquê. Que tudo no universo está interagindo para um ponto em comum na vida de cada um de nós.
Crer é a mágica... ser capaz de ainda crer apesar de tudo é o milagre.


por Cau Alexandre



Um comentário:

  1. Infelizmente nao vi esse filme ainda....
    Mas o ritmo da fantasia, o mais ameno, dançante, o mais proximo do publico sempre é mais facil de transmitir aquilo que queremos de uma forma unica e tocante...
    Depois da sua descrição, já vou correndo alugar e mergulhar em Dama Na Agua...
    Muito obrigado pela visita ao LaurusinBlue...Volte Sempre!!
    Te linkei...

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...