24 maio, 2007

Loucuras e definições

Sandice essa de definir-se
Sabe-se lá o que se realmente o é.

Quanto mais achamos que somos uma carta nau fechada e reta
Mais os ventos sopram e nos fazem navegar por águas desconhecidas.

Que mania de querer definição...

Me definirei, então.

Sou ar, terra, água e fogo.
Sou fervente e colérica
Sou quente e sanguínea
Sou morna e fleumática
Sou fria e melancólica

Sou...

Sou vermelha, amarela, azul,
Sou branca, preta, lilás
Sou marron, verde... incolor
Sou multicor
Sou arco-íris?
Não isso não sou, porque detesto limitações
princípio e fim
Sete cores é muito pouco pra tantas que sou

Sou...

Sou mistura, sou singular
Sou povo, sou etnia, sou mistura
Sou nada e sou tudo
Sou ninguém e sou todos
Sou a multidão e a solidão

Sou...

Sou a música e a dança
Sou o silêncio e a quietude
Sou o grito, o gemido, o grunhido
O zunido do vento
O estardalhaço do som
Sou o sussurro

Sou...

Sou o extremo e sou equilíbrio
Sou e não sou
Deus! Será que um dia serei ou ja fui?

Sou...

Sou frágil e sou forte
Sou sorriso e lágrima
Sou esperança e decepção
Sou mais indefinições
Mas o que importa é que

Sou...

Sou a porta aberta com clarão ao fundo
Mas também sou o túnel
Do qual não se sabe se vai sair
Sou tão simples...
Sou tão complexa
Sou assim

Tão EU

E se a definição era pra facilitar
Lamento informar...
Minhas indefinições é que fazem de mim o que sou.
Pra saber... só me olhando nos olhos

Eu sou um infinito aberto a possibilidades mil

por Cau Alexandre

*Imagem modificada e gentimente presenteada por Mauro.

No player
Ana Carolina -
Sinais de Fogo

16 comentários:

  1. Acho que a última linha foi a melhor das suas definições.
    Somos sim tudo o que citou mas, na verdade, somos pessoas abertas a possibilidades mil.
    Abertas à novas e, muitas vezes surpreendentes, definições de nós mesmos.
    Somos mutáveis, é isso...
    Talvez isso nos defina, mutáveis...

    Beijinhos, cau.

    ResponderExcluir
  2. Somos uma mistura de todas as coisas que citou, e as que ainda viremos a descobrir.
    A nossa graça está no facto de podermos ser muitas dentro de um só ser, e de sermos uma obra totalmente inacabada.
    Só a ideia das possibilidades mil já é bastante para me encher de ânimo para a vida, ah, eu sou uma eterna apaixonada pela (re)invenção de nós mesmas.

    Estou a delirar, ou você pintou as paredes da casa? =)

    Beijinho Cau.

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de texto...qtas faces...qtos "eus" e o melhor de tudo é a não definição. Pq comos eria sem graça, seria como um dicionário...procuraria o nome e´lá estaria a nossa definição.
    Somos extamente este misto, estas cores, este infinito.

    Parabéns! Merece outro chocolate, fez o dever de casa né amadaaaaaaaaaaaaa!!!! rs (devendo quase uma caixa...aff)

    Amo -te

    ResponderExcluir
  4. wow!!!
    Me achei em muitas definições tuas!
    somos e seremos sempre seres possiveis.. passiveis.. mutaveis como disse o sabio marcelo!
    Otima sexta e sempre estarei por aqui me definindo nas indefinições da vida! rsrs
    Obg pela visita e pelas palavras carinhosas!
    bjus linda!

    ResponderExcluir
  5. E não somos todos a mistura de tantos?
    Molejo e sandices... ai ai... mistura de ritmos, gostos, sons, sentidos.. todos.

    C arrasou, Choquis.

    beijooooooooooooo

    ResponderExcluir
  6. Acredito que a cada dia descobrimos um pouco de quem somos...
    Bjitos!

    ResponderExcluir
  7. Não podia deixar de dizer. Eu a entrar no seu blog para ver se havia alguma novidade, e a mensagem de aviso do seu comentário a aparecer.
    Que sintonia de além-mar... ihi.

    Beijinho Cau

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito do teu blog tem uma escrita que toca ;)

    ResponderExcluir
  9. Inha...6:10 PM

    Não se o que acontece...me identifico muito em tuas palavras...é como se elas tivessem sido captadas do meu Eu((convencida,..rsrsr)), mas ai numa releitura...percebo que há um Q de sensibilidade bem forte em você, que falta um tanto em mim, que tenho um espirito mais pra dentro... Simplesmente... os seus Eus... me fazem refletir ainda mais o quanto sou ainda pequena e nada sei...
    Preciso urgentemente de um autografo...rsrsrs..((vc vai me matar por isso)),mas voce criança, me ensina tanto...obrigada por existir...
    Inha...

    ResponderExcluir
  10. Tu és tanto...uma maravilhosa mulher...!


    Hoje vou celebrar os dons da terra sem a tua companhia, misturar-me com os sons do mundo sem coisa alguma, ao partires abriste em meu coração um caminho...


    Bom fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  11. ÉS...

    ÉS...

    ÉS...

    ÉS...

    És simplesmente TU...



    Um beijo miuda



    José

    ResponderExcluir
  12. "Minhas indefinições é que fazem de mim o que sou!"

    Frases perfeitas para definir-se...
    Aliás, pra que sentenciarmos e determinarmos tanto?

    Bom é a manifestação e a capacidade de transformação a todo o momento...
    Diferente a cada dia!

    Beijos
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. "Minhas indefinições é que fazem de mim o que sou.
    Pra saber... só me olhando nos olhos"

    "Eu sou um infinito aberto a possibilidades mil"


    Um Poema que não me deixou indiferente!...

    Beijo terno e doce!

    ResponderExcluir
  15. Cau,



    Você definiu-se sem se limitar.


    E isso é belo!


    Abraços, flores, estrelas..

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...