20 outubro, 2008

E então... que seja...

CONJUGAÇÃO
Cau Alexandre


Olha-me,
enquanto meus olhos ainda brilham ao verem os teus

Sorria-me,
enquanto nossos sorrisos são a expressão da felicidade

Abraça-me,
enquanto nossos braços alcançam mais que o corpo

Beija-me,
enquanto nosso lábios aquecem-se mutuamente

Fala-me,
enquanto nossas vozes ainda têm algum sentido

Resguarda-te no passado,
para que eu possa eternizar-te

Sê o presente,
para que eu possa fruir-te

Faze-te futuro,
para que eu possa sonhar-te

Fortifica-te,
para que eu possa lutar a teu lado

Ilumina-te,
para que eu possa admirar-te

Idealiza-te,
para que eu possa buscar-te

Exala-te,
para que eu possa sentir teu aroma em minha pele

Sê real,
para que eu possa amar-te

E no fim, não sejas ilusão...
para que eu possa viver!




(Re-postando... e relembrando)

Onde Achei
Imagem: Google - Edição particular
Som: Lonely Girl Midis


No Player
Marjorie Estiano -
So Easy

2 comentários:

  1. Tudo isso é o nosso sonho do outro!

    ResponderExcluir
  2. Cauuuu...
    Podemos até sumir, mas jamais ficamos tempo suficiente longe para virarmos ilusão, nao é? rsss

    A imagem viva da pessoa que amamos é linda, nao é? Mas o mais importante é que seja real para amarmos e nao seja ilusão para vivermos!!

    Saudades imensas de ti!!

    Beijaaaaaaaaoo!!

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...