21 junho, 2009

Abrindo os Presentes...


Imagem: Google/ Arte: Cau Alexandre




"Enquanto os rios correrem para o mar, os montes fizerem sombra aos vales e as estrelas fulgirem no firmamento, deve durar a recordação do benefício recebido na mente do homem reconhecido."
Virgílio









Agradecer é algo que vem sendo esquecido dia a dia por nós meros e falhos humanos.
Ainda lembro de minha mãe dizendo que quem recebe um "favor" (um agrado, uma dádiva) não deve esquecer e quem o faz não deve lembrar.
Dizem que não se agradece aquilo que lhe é dado de coração e em verdade... Dizem que não se agradece o sentimento. Mas penso que não há maneira mais franca e precisa de fazê-lo a não ser sendo recíproca... amando na mesma intensidade, cuidando da mesma forma que se é cuidado... até melhoramos pra sermos um pouco mais parecidos com aqueles que constantemente nos provam seu amor.
Fico aqui pensando em como seria vazia a vida sem termos a capacidade de olhar ao redor e ver como somos abençoados por ter o que agradecer.
Essa semana tenho muito a agradecer... E gostaria de dividir isso com todos, mesmo correndo o risco de ser injusta com alguns... mas peço perdão antecipado porque sei que nem sempre somos presentes como gostaríamos de ser... mesmo assim, estamos lá... na lembrança e no coração.

Agradeço ao Décio, a Bella e ao PV... família, amor, tesouros... dádivas. Pelos presentes... e a bagunça boa de dias seguidos nos (vários) pré-parabéns... parabéns... e pós-parabéns!
Agradeço a minha mãe... que mesmo no hospital, doentinha, lembrou-se de "me lembrar" como foram as horas de trabalho de parto... A ela minha gratidão eterna pela vida e pelos ensinamentos.
Agradeço aos amigos, aos irmãos e irmã, sobrinhos e sobrinhas, pelas horas seguidas de "parabéns pra você" ao telefone (principalmente ao Cláudio... por ter cantado umas duas ou três vezes pra pessoa errada até dar sorte de que eu atendesse o telefone... risoss).
Agradeço a minha cunhada, Ma, e a Dani, madrinha dos meus filhos e melhor amiga, por passarem horas e horas do seu tempo corrido comigo... pra jogarmos conversa fora, rindo e fazendo "nada"... melhor jeito de se comemorar!!! Ah! E pelos presentes que adorei.
Agradeço pelos recados nos meus blogs, no orkut, twitter, Beco dos poetas, Chat UOL, UOLK e mais algumas comunidades pelo meio desse mundo virtual. Agradeço a bagunça boa e a festa mais que inesperada feita pelos amigos e conhecidos desse mundinho imenso e minúsculo feito de fibra ótica. Ri, chorei mas acho que não agradeci o suficiente a todos... Não me atrevo a citar todos os nomes aqui na certeza que acabaria esquecendo alguém e sendo injusta... Então, meu muito obrigada a todos!
Agradeço aos amigos de longe, que não se deixaram acomodar pelas distâncias geográficas ou dificuldades. E aqui me sinto na obrigação de ser mais específica e dividir as preciosidades com todos:

Obrigada a minha Juju Adriane... pela ligação demorada só pra me alegrar, pelas palavras lindas e sempre A Flor da Pele e até pelo 'clássico' poema "Batatinha quando nasce" que ela recitou só pra mim! (não vou postar aqui pra vocês ouvirem... como ela vem em julho isso seria muito perigoso pra mim... risoss)

Obrigada as minhas fiéis companheiras e amigas da Máfia das Poetas, que se desdobraram e fizeram de tudo pra me fazer chorar... de felicidade em saber que as tenho e as amo! Jeanne... Minha Alma em forma de Brisa Nordeste que acalanta essa vida em ondas de poesia. Fátima... que nos mantém Sob Seus Olhares e me honra com seu carinho e com seu tão feminino olhar de gafanhota. Daniela... Uma deusa com as palavras, que demonstra mais que seus sentidos e sentimentos, deixa lá marcado e gravado o seu carinho e toda a sua intensidade. E agradecimento a Luara também! Que não só canta, mas encanta esse tia que aprendeu a amar esse pitoco de gente!

Obrigada aos amigos de tanto tempo, de altos e baixos, de grandes e largas risadas: Lu, pela primeira mensagem de aniversário que chegou... mesmo sendo um dia antes (era a ansiedade dele que ele não dava conta... risoss); ao Celso, amigo de todas as horas... mesmo aquelas nas quais nos estranhamos e nas que provamos que certas amizades são pra vida toda (que esperou até o último minuto pra não estragar a mensagem... mesmo que já fosse o outro dia); ao Ivan (que não conseguiu cumprir a promessa de esquecer o meu aniversário e me dar parabéns só 8 dias depois, como vingança pela minha memória não prestar numa semana difícil... risosss); Tony (pelo primeira mensagem do dia e pelas primeiras lágrimas - tá... eu sou chorona - pela ajuda dada às meninas com as midis e pela paciência com elas no envio dos links); Phael (Por ser amigo de tantos anos e sempre ter a palavra amiga e certa, mesmo quando estou mais e mais rabugenta... é meu Ghandi mesmo; Ao Nédio, meu irmão por escolha e por encontro de almas fraternas e gêmeas, conselheiro e amigo, que encara com dor e prazer o "fardo" de ser irmão siamês e mais velho (mesmo sendo ele mais rabugento que eu... risos); Mauro (amigão FOFO, imenso não só no carinho, mas na cumplicidade de alma... e de gosto por boas mensagens musicais). As amigas Leka e Cláudia do Espírito Santo, por todo carinho e cuidado que tiveram ao preparar juntamente com a Je, a Fa e a Dan as homenagens tão doces e emocionantes... Cuja principal foi "Essa", um esforço conjunto dessas maravilhosas mulheres!


Obrigada a Minha Inha, Jacy... que conseguiu ser a última a me enviar mensagem (culpa do Lu, segundo ela)... mas que já me deu tanta, mas tanta coisa boa nessa nossa amizade, que só poderia ser ela a fechar tão esplendidamente esses dias de festa! Um mimo bem a cara dela.

Sendo assim, ficaria aqui agradecendo por esses presentes específicos... mas não posso esquecer de tudo que recebo de todas essas pessoas todos os dias. Presentes em forma de músicas, mensagens, poemas, carinho, palavras amigas e de conforto... ou as simples risadas que damos, diariamente. Agradeço a Deus, que no seu imenso amor, me presenteia todos os dias com pessoas tão queridas, que inundam minha vida de alegria, paz, lágrimas e a chance de que eu seja alguém melhor!

Por tudo isso, o mais verdadeiro a dizer é que...


Eu Amo a Todos Vocês!!!



Obs: Cliquem nos links e vejam as imagens e mensagens!


No Player
Laura Pausini -
Le Cose Che Vivi/ Som De Ondas


Um Último Presente...
Esse meu para vocês... Porque algumas vezes lemos, ouvimos e vemos nossas palavras ditas por outra boca. E é aí que percebemos o quanto a Arte é vasta e o sentimento é uno! Leiam e deleitem-se. É um mimo bem pequeno, comparado ao muito que vocês merecem!

Oferta em Gratidão Aos Meus Amigos

7 comentários:

  1. rsrsrs... Das vezes que eu disser que "te amo", em nada mudará os coisas do universo, amo e para mim basta, mas de todas as vezes que eu te ouvir dizer, seguramente, ele ficará muito mais bonito.

    Beijos nos dois átrios!

    ResponderExcluir
  2. Minha jujuzinha!!!!

    Aquilo foi um teste viu? Qdo chegar no aeroporto em julho recitarei em alto e bom tom...risos..

    Amadinha, vc merece estes e muitos outros mimos.

    Te amo

    ResponderExcluir
  3. Por onde começar?essa é a parte dificil...pq sinto q me enrijece o coração,o passar de meus verões...mas,de repente sopra um "ventinho"(jamais falaria brisa..kkkkkk)e vem uma certa "braveza"do sertão...e me ponho a derreter(deve ser o calor de minha cidade..kkkkkkkkkk)...besteirol sendo posto de lado...Quero te dizer q ao longo dessa amizade aprendi varias coisas...tu es uma mestra muito eficiente..(as x aprendo mais q tu mesma..rsrsr)...aprendi a ser ainda mais forte..a ser dura com vc...a ser paciente...ser tolerante...a silenciar quando não é possivel fazer mais nada...devo reconhecer a minha ausencia(e por isso umas "luas"se apoderaram de minha "gata"amada..rsrsrs),mas tu bem sabes o q me passa...o q não passa é o carinho e amor q tenho por ti..nao te direi q te amo...prefiro q apenas tenha a certeza atraves de minha existencia(ô bicha metida..kkkkkkkkk)...e lembre-se nao mais te direi q vou(se nao tu vas da uma de victor)..irei "dar"prejuizo...kkkkkkkkkk...Amo-te na saudade dolorida q a tua ausencia me traz(uiiii...sera se tu vas entender??kkkkkkkkk)..pra terminar...a frase q bem te define(hj) é..."Apesar das minhas fragilidades, avanço."sempre...
    bjos carinhosos e cheios de verdadeira amizade...JacyDe£ua...Inhaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Cau,
    Lindo o acabei de ler.
    Daqui de longe e com bastante atraso de certeza um bjinho enorme de Parabens a voce.
    A maravilha deste mundo é ter seres humanos como voce,assim poderemos construir um mundo melhor(eu penso...)

    Um bj cheio de luar

    ResponderExcluir
  6. Cheguei atrasado. Ops!
    Ainda serve o carinho e as palavras antigas?
    Ainda tem bolo pra mim???

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Claudinha, poxa recebi seu email muito tempo depois pq só uso o endereço do hotmail pra acessar o Messenger e não para receber emails, rs. Tenho andado meio atolado e sem tempo, peço desculpas a você por estar andando tão ausente.

    Olha nos conhecemos ha pouco tempo e fiquei lisonjeado por receber seu email, estar no grupo de pessoas que você considera é uma honra, e eu do do lado de cá admiro e prezo muito sua amizade, é um prazer ter você como amiga e espero que essa relação perdure enquanto respirarmos.

    Uma Beijoca estalada. Saudades.

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...