20 outubro, 2009

Delírios


ALEGORIA
Cau Alexandre

Fecho os olhos e crio imagens
Com as tuas personificações diárias
De mãos que criam caminhos hipotéticos
Desenhando símbolos entre os olhos e a boca


Teus dedos percorrem lentamente
Ponto a ponto, com o toque ardente e doce
As sombras formadas pelas metáforas insanas
Traduzidos em loucas palavras pungentes


Faz da tua língua o perfeito condutor
Da excitante sinestesia que arrepia a pele
Lambe vagarosamente as frases desconexas
Eriçando o pensamento latente da boca inquieta


E na ávida cobiça da hipérbole do êxtase
Tua boca e minha boca, num toque metonímico
Imitam o encaixe perfeito de dois corpos amantes
Numa simples e intensa figura de desejo



No Player - Iron & Wine - Flightless Bird American Mouth/ Lonely Girl Midis

3 comentários:

  1. trash frog1:14 PM

    coincidências existem? ...depois de quase um ano vc devolve a palavra "sensual" ao mar.
    bjk

    ResponderExcluir
  2. Como disse, sonoridade e imagem. Uma linguagem prefeita descrevendo musicalmente uma outra linguagem.

    Beijos nos dois átrios, Alma Minha!

    ResponderExcluir
  3. nao entendi pq tu disse q eu iria gostar?!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
    Eu sou Purinha!!kkkkkkkkkkkk...mas tbm seria mais ousada..arrancava logo era td..e bocas pra q te quero..kkkkkkkkkkkkkk(tu me provocou)...
    bjo amoreca!!!

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...