08 dezembro, 2009

Navegas...


Imagem: Google

Nau

Cau Alexandre

Pensamentos voam como pássaros
Navegam como barco à deriva
Sem rumo
Sem porto
Sem norte


Palavras escorrem entre os dedos
Mancham a página do querer
Sem tino
Sem cor
Sem corte


E o coração, menino levado
Não cansa de peças pregar
Corre solto pela relva do espaço
Sem saber onde vai chegar


Menino sem tino
Coração sem Norte
Destino sem porto
Vão sem corte


No player
Gal Costa -
Me Faz Bem

3 comentários:

  1. Sem trocadilhos, bem vinda de volta ao Mar. O poema é sublime, a música que o acompanha, perfeita...rsrs

    Granaaaaade beijo!

    ResponderExcluir
  2. Como sempre...Maguinifique...rsrsr(como td q vc faz...como Você!)

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga,
    Passando para deixar beijos
    Anda sumida !!!rsrsrsr

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...