10 julho, 2012

Intimamente nosso...


DECLARAÇÃO

Cau Alexandre

Mas se do meu doce
E do meu amargo Ser
Tragas sem distinção
Tua é minha intimidade
E Tu és o meu quinhão


E somente a ti entregarei
A chave dos meus segredos
A fonte dos meus desejos
A pena da minha escrita
O fim da minha lida


E um dia leremos os poemas
Escrito em preto e branco e carmim
E não saberemos distinguir
O que é teu ou meu
Pois tudo será nosso...


E será sem fim!


In principio, 
Et nunc, 
Et semper.

No Player



6 comentários:

  1. uai!!!
    Que riqueza! versos de uma profundidade sonora como o fundo do mar.
    Bjãooo
    V.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, coisa linda você, minha amiga!
      A riqueza maior é sentir... e cantar com as ondas do mar!
      Beijão e obrigada!

      Excluir
  2. "Meu caso literário, o mais dileto, é objeto direto, e para ele são minhas orações coordenadas."

    "Tua é minha intimidade e tu és meu quinhão."

    Dos verbos, os transitivos.

    Beijos, Minha Alma Em Corpo Alheio.

    E porque gosto de pleonasmos: adoro as suas metáforas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas deviam falar de amor, quando entendessem o que amor em verdade... Deviam falar em saudade, quando igualmente soubessem o que isso significa. Deviam falar em ódio, quando soubessem o alcance e o poder real da decisão de perder a alma por tão pouca "valia"... mas as pessoas não tem a Alma que eu tenho, e falam daquilo só acham saber. Pena... eu posso ser um 'cadinho' arrogante e dizer que a vida me foi generosa, me deus olhos que vêem além das capas hipócritas e uma Alma que sente mais do que se pode entender... Bem-aventura sou eu! rs
      Beijos Minha Alma em Corpo Alheio...

      Excluir
  3. Texto forte, profundo, intenso... como a poeta. As declarações deveria ser sempre assim, movidas de um sentimento verdadeiro... não só de palavras.
    E em sentir você é craque... e em ser verdadeira também.
    Vou me arriscar no lugar comum e dizer o óbvio (sabendo que você não é fã de obviedades), mas é um lindo poema e um lindo sentir.
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Sempre gentil e generoso.rs
    Obrigada pelas palavras e esteja sempre pelo Mar®.
    Beijoca

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...