06 agosto, 2009

A Liberdade da Verdade!


Imagem - Google

DAS ILUSÕES
Mário Quintana
Meu saco de ilusões,
bem cheio tive-o
Com ele ia subindo
a ladeira da vida.
E, no entanto, após
cada ilusão perdida...
Que extraordinária
sensação de alívio!



Há dores que resultam em morte.
Há mortes que resultam em libertação!
Há verdade depois da ilusão desfeita...
Há VIDA depois da morte do que nos pesa!

BENDITA MORTE!!!
BENDITA VIDA!!!

BENDITA ETERNIDADE DA
LEAL VERDADE!!!



Cau Alexandre


No Player
Vanessa da Mata & Ben Harper -
Good Luck / Lonely Girl Midis

2 comentários:

  1. II

    O incógnito amedronta.
    Cativa amêndoa na cripta densa do caroço, a boiar em sábia ignorância de se será travo,
    ou doce, ou ácido, o sabor da mordida,eis que no aleatório algoritmo que há,aquela é travo, é doce, é ácida e mesmo assim,
    ainda assim, ainda que... se morde.

    Engolir. Essencial.

    Por doçura, pelo amargo, pelo azedo, a alma saliva.

    (Uma Certa Escritora Entusiasta)

    Beijo no átrio esquerdo.

    ResponderExcluir
  2. Tão bom nos sentir "menos pesados", em alguns momentos da vida as ilusões nos pesam. Benditam sejam as ilusões pois através delas aprendemos a ler a VERDADE!

    Beijos, minha amada.

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...