10 agosto, 2009

Verdades Cortantes...

Gemidos de Fantasmas
Cau Alexandre
Ao acalmarmos o coração
e sossegarmos a mente
Vemos novamente
Tudo o que realmente importa
Assim, conseguimos conviver
Com naturalidade
Até com os fantasmas
Que arrastam suas correntes
E gemem suas dores
Pelos corredores do castelo!


No Player
Avril Lavigne -
Knocking On Heavens Door

4 comentários:

  1. "Mulherrrrrrrrrr" ... nada melhor que corpo e mente em equilíbrio. Pois a partir desse momento como vc mesmo diz convivemos com os fantasmas com naturalidade. Afinal eles sempre existirão. Que graça teria a vida se não tivéssemos eles para nos fazer evoluir, né?

    Te amo, Mulherrrrrrrrrrr

    ResponderExcluir
  2. Cau

    Gosto muito de ler teus poemas,mas este em especial foi dos mais belos que aqui encontrei.
    Talvez, porque eu ache que suas palavras encaixam na prefeição da realidade.

    Um bj com luar

    ResponderExcluir
  3. ô gostosa...quem gente não é fantasma...é alma penada...kkkkkkkkkkkkkkk...
    ô Deus..rsrsr...
    como sempre...Grande!
    amo tu!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Geme...(errei a palavra do comentario anterior..rs)...bjocas

    ResponderExcluir

Olá! Feliz que você queira deixar um rastro nas águas desse Mar de Palavras®. Gosto de lê-los e saber como cada um sente ao ler o que aqui eu exponho a vocês.
Fiquem sempre à vontade... mas é bom lembrar:

Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Reservo-me, desde já, o direito de excluir e/ou não publicar comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos sem a devida identificação de seu autor (nome ou nick e endereço válido de e-mail) também serão excluídos.

... εϊз "Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento" (Clarice Lispector) εϊз ...